Pedra do Sino

Trilhas da Região Serrana do Rio de Janeiro: conheça as 7 melhores

As trilhas da região serrana são perfeitas pra quem gosta de fugir do óbvio. O Rio de Janeiro é muito mais do que a gente imagina: além das praias magníficas, este destino tem uma região serrana incrível, uma das mais belas do país. Com estradas cinematográficas, a serra carioca tem paisagens deslumbrantes, e o melhor: trilhas e picos de tirar o fôlego, que alimentam o espírito aventureiro de qualquer explorador do Ecoturismo!

A primeira denúncia de que essa experiência pode ser realmente fascinante começa pelo clima: com temperaturas deliciosas, essas cidades cheias de charme abrigam um grande aconchego.

Essa região é quase um pote de ouro, já que andar no meio da natureza é uma das melhores e mais acessíveis experiências da vida.

Confira abaixo lista com os melhores picos, parques e trilhas da região serrana do RJ:

1. Três Picos, Nova Friburgo

Parque Estadual dos três picos trilhas da região serrana

Os Picos Menor, Médio e Maior (mais conhecidos como ‘’Três Picos’’) estão localizados no Parque Estadual dos Três Picos, também conhecido como Salinas: o maior parque do estado do Rio de Janeiro, que abrange os municípios de TeresópolisNova Friburgo, Guapimirim, Silva Jardim e Cachoeiras de Macacu. Para quem gosta de observar o céu, o local é um verdadeiro convite! Além disso, detém o maior índice de biodiversidade do estado. Conhecer seu limite através de uma aventura dessas seria uma história de autoconhecimento pra lá de especial!

2. Morro do Açu, Petrópolis

morro do açu trilhas da região serrana

Esta subida de nível moderado contempla 8km de uma caminhada intensa, que passa pela desafiadora subida Izabeloca: uma subida bem íngreme, com muitas pedras e buracos no caminho. É muito importante ir com um guia pra auxiliar nesses trechos mais difíceis, além de levar um bastão de caminhada, que ajuda bastante.

Pra se ter noção da grandiosidade dessa trilha, lá do alto é possível ver diversos picos que já parecem incrivelmente altos, como o Dedo de Deus. Impressiona a sensação de estar no céu, acima de tantas montanhas!

 

3. Pedra do Sino, Teresópolis

pedra do sino trilhas da região serrana

Essa é a principal trilha do Parque Nacional Serra dos Órgãos, por ser o ponto mais alto da região. São 2.275 metros de altitude, 12km de caminhada que fazem o percurso durar de 4 a 6 horas. É a oportunidade perfeita pra quem gosta de se aventurar de verdade, sem precisar ser um trekker profissional, já que a trilha é de nível moderado. É passagem obrigatória pela Travessia Petrópolis x Teresópolis.

Aqui contamos como você pode se preparar para essa trilha: Trekking na Pedra do Sino: como me preparar para essa aventura?

4. Pico das agulhas negras, Parque Nacional de Itatiaia

Itatiaia trilhas da região serrana

Este pico está situado no Parque Nacional do Itatiaia, o primeiro parque nacional criado em todo Brasil, sendo a mais antiga reserva ecológica do país. É o ponto mais alto do Estado do Rio de Janeiro e o quinto maior do país, com 2.791 metros de altitude. São aproximadamente 5km de extensão e duração entre 3 e 4 horas até o cume (com paradas para descansar).

O pico é morada de uma belíssima montanha com paredes de rochas gigantescas, que tiveram sua origem decorrente de uma erupção onde o magma se consolidou no interior da crosta terrestre, esfriando lentamente. Ele recebeu esse nome por causa das canaletas, que lembram agulhas paralelas umas às outras. A região montanhosa tem diversos atrativos naturais, que deixa qualquer um fascinado e em estado de paz.

 

5. Dedo de Deus, Teresópolis

Dedo de Deus trilhas da região serrana

Esse é um pico que possui mais de 1.692m de altitude e é mais procurado e conhecido no universo da escalada. Até chegar a primeira parte onde se encontra os cabos de aços, leva-se aproximadamente 1 hora e meia. Localizado entre as cidades serranas Petrópolis e Teresópolis, o parque foi o terceiro do Brasil a ser criado.

A trilha é íngreme e quase toda sombreada dentro da mata, guardando um recolhimento natural impressionante para caminhada na serra. Alimenta o corpo, a mente e a alma!

6. Pedra Selada, Visconde de Mauá

Pedra Selada trilhas da região serrana

A Pedra Selada é o pico mais alto da região de Visconde de Mauá. São 1755m de altitude que trazem uma vista incrível para quem vence as 2 horas de caminhada de nível médio, bem íngreme e irregular.

No decorrer da trilha, há alguns riachos com água cristalina para repor as garrafas d’água e refrescar. O trekking possui três pontos em destaque: o Pico Maior, a Sela e o Pico Menor. O mais alto oferece uma vista de 360 graus fascinante! É uma atividade desafiadora, mas recompensa pela superação.

 

7. Travessia Cobiçado x Ventania, Petrópolis

CobiçadoVentania
Fonte: Trilhas de Petrópolis

É uma travessia de dificuldade média com duração entre 5 e 8 horas e com 12,4 km de extensão caminhando por ruas e trilhas de lajes com pedras, trechos fechados e algumas passagens expostas. Essa trilha percorre todas as montanhas que formam o Vale do Caxumbu, passando por florestas, cumes e cristas.

E aí, ficou com vontade de conhecer cada um? Ou acha que faltou algum? Não deixe de dividir com a gente! Acompanhe-nos no Facebook para ficar por dentro da nossa programação, que inclui aventuras incríveis como essas da lista. 😉

Sobre Isadora de Barros

Estudante de comunicação, carioca, vegetariana e amante da culinária, escritora e fotógrafa amadora, cultivadora de hortas urbanas, campista e fascinada pela natureza. Viver sem conhecer os limites é perder as melhores experiências, pois praticar trekking e atividades outdoor é um caminho para me conectar com a natureza. Viajar é uma maneira de me encontrar, porque cada partezinha do mundo é uma parte de mim também!