Ecoturismo: o que é e como começar a praticar?

Você sabe o que é ecoturismo?

Viajar é um fascínio quase que universal. O interesse por diferentes culturas, pessoas, lugares, paisagens e pontos de vista é a grande atração dessa atividade. Fora da nossa zona de conforto, que é o lugar que nascemos, somos capazes de nos recriar, de ganhar novas perspectivas, de enxergar o mundo e as pessoas de uma outra maneira. E assim, somos capazes de viver experiências únicas, sobretudo quando nos identificamos com lugares novos. É como se no momento em que buscamos sentir essa identificação, o lugar também estivesse nos buscando.

cachoeira ibitipoca

 

No entanto, planejar uma viagem nem sempre é fácil. Diante de toda a extensão do planeta, com tantas cores, terras, vegetações, construções, sentimentos e estruturas, podemos nem saber por onde começar.

 

aiuruoca

 

O primeiro passo para se desconectar desse dilema é, sem dúvidas, o autoconhecimento. É através dessa auto-observação que notamos o que nos agrada nos lugares. Precisamos despertar e perceber do que a nossa curiosidade tem sede.

Durante esse processo, o que chama atenção de muitos são aquelas paisagens cinematográficas, os tons de água inimagináveis, águas cristalinas de cachoeiras que deslizam por pedras cobertas por musgos de cores vibrantes, enquanto a floresta em volta tem trocentas flores diferentes, borboletas e animais selvagens encantadores. Sem contar com as trilhas, que percorrem uma mata irradiante e nos levam até picos de tirar o fôlego, ao notarmos toda a diversidade natural lá do alto, e aquele silêncio acolhedor da floresta.

 

 

Se você fica seduzido por toda essa riqueza natural, tenha certeza de que você pode ser um ótimo praticante de ecoturismo.

O ecoturismo nada mais é que o turismo ecológico que se une a um determinado grau de aventura. É a incrível capacidade de praticar um turismo com opções de lazer naturais, onde podemos desfrutar de momentos de paz e conexão, assim como situações inusitadas de adrenalina.

Como começar a praticar ecoturismo?

Para viver essa experiência vinculada com a maior riqueza do mundo que temos, a natureza, basta escolher um lugar agradável que seja pouco urbanizado, onde a natureza seja ainda preservada, capaz de nos oferecer belas vistas e atividades ao ar livre.

Dentre as opções mais leves no ecoturismo, você pode curtir trekking, mergulhos, arborismo, cavalgadas e caminhadas. Já pra quem gosta de experimentar a adrenalina, pode escolher entre o biketour, rapel, rafting, tirolesa, mergulhos radicais, surf, standup paddle, entre tantos outros.

cicloturismo

trekking

rafting ecoturismo

 

O ecoturismo é uma atividade para quem realmente tem o espírito aventureiro!

Benefícios do Ecoturismo

Estar em contato com a natureza sempre nos renova!

Superar desafios através da prática de ecoturismo, sentir a adrenalina subindo e perceber que somos capazes de encarar as aventuras de frente nos fortalece pessoalmente. Voltar de uma viagem ou apenas um final de semana radical nos dá energia para começar a semana motivados a fazer melhor.

Despertar nossos sentidos para essas vivências nos torna cada vez mais corajosos!

Destinos incríveis de ecoturismo

Listamos abaixo alguns dos principais pontos de Ecoturismo no Brasil. Aproveite para considerar a ideia de contemplar paisagens e viver o lugar e comece logo a viajar!

 

1) Chapada Diamantina

 

Considerado como o melhor destino para o ecoturismo no Brasil, a Chapada oferece trekking, mergulhos em incríveis cachoeiras, grutas e poços. Obrigatório para os amantes da natureza!

Saiba mais sobre esse destino aqui: Chapada Diamantina: 4 dias de conexão, ecoturismo e muita paz

2) Sana

 

Uma cidadezinha pitoresca e muito agradável, Sana é o cenário perfeito pra quem quer fugir da rotina e viver dias de conforto e aventura, pois além do imperdível trekking para o Peito do Pombo, tem diversas cachoeiras e poços perfeitos pra relaxar.

3) Ilha Grande

 

 

Nada como mergulhar em águas que parecem ser feitas de cristal, ver peixinhos de todas as cores à sua volta, e fechar o dia com uma lua que ilumina a praia de uma maneira mágica. Ilha Grande é um destino certo que deixa qualquer um apaixonado pelo lugar.

4) Parque Nacional do Itatiaia

 

Este foi o primeiro parque nacional do Brasil, e tem como principal atração o Pico das Agulhas Negras, que tem 2.791 metros de altitude, mantendo o posto de 8º pico mais alto do Brasil. Vale a pena desafiar seus limites e ser recompensado com uma vista panorâmica incrivelmente verde.

5) Ibitipoca

 

Ibitipoca é sinônimo de cachoeiras, cheirinho de serra, energia acolhedora e trilhas deliciosas de percorrer. É um dos parques mais visitados de Minas Gerais, por conter atrações abundantes, que vão desde se divertir na cidade com as comidas típicas, até explorar seus circuitos.

Saiba mais sobre esse destino aqui: Ibitipoca: tudo o que você precisa saber sobre o turismo de aventura na região

6) Aiuruoca

 

aiuruoca
Vale do Matutu – Fonte: http://www.arenalotus.com/

Um verdadeiro aconchego natural, apelidado por muitos como o tesouro brasileiro, por conter experiências encantadoras através das cores, cheiros, seus sons, e a recepção de uma energia abundante, que emana a cada passo.

Saiba mais sobre esse destino aqui: Por que Aiuruoca é conhecida como o paraíso do Ecoturismo?

 

7) Parque Nacional da Serra dos Órgãos – Pedra do Sino

Pedra do Sino

A Pedra do Sino é a principal trilha do Parque Nacional Serra dos órgãos, que fica em Teresópolis, uma região conhecida pela sua exuberância natural e pelas trilhas surpreendentes! São 2.275 metros de altitude, 12km de caminhada que fazem o percurso durar de 4 a 6 horas. É a oportunidade perfeita pra quem gosta de se aventurar de verdade.

E aí, vamos praticar Ecoturismo?

Sobre Isadora de Barros

Estudante de comunicação, carioca, vegetariana e amante da culinária, escritora e fotógrafa amadora, cultivadora de hortas urbanas, campista e fascinada pela natureza. Viver sem conhecer os limites é perder as melhores experiências, pois praticar trekking e atividades outdoor é um caminho para me conectar com a natureza. Viajar é uma maneira de me encontrar, porque cada partezinha do mundo é uma parte de mim também!